Profissional

Colorimetria: a Matemática das Cores que Todo Cabeleireiro Precisa Conhecer

Depositphotos_10605673_m-2015.jpg.jpeg

Quando o assunto é beleza, sempre buscamos formas de aperfeiçoar técnicas e procedimentos com a finalidade de destacar o que há de melhor em cada um. Engana-se quem acha que isso envolve somente tentativas e suposições. O desenvolvimento de uma técnica de cuidado com a beleza demanda muita pesquisa e conhecimento antes de chegar ao público beneficiado. E é para garantir que o efeito de todo um estudo seja colocado em prática que os profissionais de cada área devem buscar informação em diferentes fontes, bem como uma capacitação frequente.

Falando de saúde e estética dos cabelos, sabemos que os cabeleireiros são os profissionais mais preparados para aplicar diferentes produtos e técnicas, já que possuem as noções reais do que funciona para cada tipo de madeixa. Entre as possibilidades de procedimentos para dar aquela renovada no visual, a coloração é uma das mais procuradas nos salões de beleza. Fazer essa mudança nos cabelos pode até parecer simples, mas envolve todo um conceito e aplicação de uma ciência chamada Colorimetria. Quer entender mais? Então confira tudo sobre essa matemática das cores!

1. Entenda o que é colorimetria

entenda o que e colorimetria

A Colorimetria é uma ciência conhecida em diversas áreas para determinar cores a partir de avaliação de matiz, intensidade e saturação. Para aplicá-la, é necessário o conhecimento aprofundado dos tipos de cores e de como elas se comportam em relação às outras. Quando utilizada para a aplicação nos cabelos, essa ciência é conhecida como Colorimetria Capilar, e serve de base para que o profissional cabeleireiro atinja a coloração adequada nas madeixas dos seus clientes.

Hoje, a Colorimetria é utilizada em diversos salões para a identificação de cores naturais, para combinar adequadamente tons e contrastes e também para fazer processos de neutralização. No círculo cromático, toda cor possui outra oposta a ela, o que faz com que ambas se anulem. Essa estratégia é muito útil para os cabeleireiros, pois permite modificar o tom dos fios somente com a combinação de cores. Essa combinação costuma ser feita com a cor já presente nos fios e um tonalizante, ou até mesmo com duas cores das tintas misturadas sobre os fios descoloridos. Com tantas possibilidades diferentes, conhecer a composição da Colorimetria pode ser determinante para profissionais que querem manter um trabalho bem feito.

2. Por que calcular as cores das tintas de cabelo?

por que calcular as cores das tintas de cabelo

Saber calcular as cores das tintas e prever seus efeitos nos fios é essencial para alcançar bons resultados. O profissional cabeleireiro é o mais indicado para essa tarefa, já que, além de tonalidades, é capaz de identificar diferentes texturas e estruturas de cabelos. Entendendo todos os passos da Colorimetria, o cabeleireiro pode alcançar tonalidades diferentes a partir de uma cor já presente nos fios. Veja as vantagens garantidas pelo cálculo correto das cores das tintas:

Cabelos bonitos e saudáveis

Com o cálculo e a aplicação adequada da Colorimetria, muitos procedimentos químicos são evitados a fim de corrigir a tonalidade. Nesse cuidado, a saúde e a beleza dos fios é garantida por muito mais tempo.

Menores chances de erro

Sabemos que a reputação de um salão de beleza depende totalmente do tratamento dado aos seus clientes e, especialmente, do resultado garantido nos procedimentos. Quanto mais informações puder absorver por meio do estudo e capacitação, menores as chances de o profissional errar na cor e mais satisfeitos ficarão seus clientes em cada trabalho realizado.

Economia de produto

Em alguns salões, as sobras de tinta podem chegar a uma grande quantidade de produto quando somadas, o que seria um desperdício se fossem para o lixo. Sabendo calcular as tonalidades, o profissional tem a possibilidade de aproveitar as sobras de diversos tubos para fazer uma única cor e assim economizar recursos com a compra de novas tintas.

3. Desvendando a composição da colorimetria capilar

Confira a classificação de cores, tons e reflexos e dê o primeiro passo para administrar corretamente as combinações em cada tipo de cabelo:

classificacao das cores

 

Cores primárias

As cores primárias também são chamadas de fundamentais, já que são necessárias para a criação das demais tonalidades. São representadas pelo vermelho, azul e amarelo, e a soma das três resulta no tom marrom.

Cores secundárias

Também chamadas de complementares, são geradas a partir de três combinações com as cores primárias. As cores secundárias são representadas pelo verde, alaranjado e roxo, onde verde é a junção de azul com amarelo, alaranjado é a junção de vermelho com amarelo, e roxo é a junção de azul com vermelho.

Cores terciárias

As cores terciárias são todas aquelas obtidas a partir da mistura de cores primárias ou secundárias, com diversas possibilidades de combinação. Podem ser usadas para a criação de tonalidades mais claras, como o azul-claro obtido na mistura de verde e azul.

Cores frias

São cores obtidas a partir de tons de verde, azul, roxo, violeta e cinza. Apresentam menor luminosidade e por isso costumam ser utilizadas para diminuir e distanciar formas, gerando sensação de amplitude e profundidade.

Cores quentes

São cores obtidas a partir de tons de vermelho, rosa, amarelo, alaranjado, acobreado e dourado. As cores quentes são classificadas de acordo com o nível de vibração e costumam ser utilizadas para expandir formas, gerando a sensação de proximidade.

Cores neutras

São cores obtidas com a mistura de tons quentes e frios como o vermelho e o cinza, se tornando menos vibrantes e, portanto, pouco visíveis. Por essa característica, costumam ser usadas para criar um fundo para recebimento de outras cores.

Altura de tom

A altura de tom diz respeito ao tom alcançado com a Colorimetria Capilar. Para classificar esses tons, existe uma tabela universal que pode ser utilizada para definir as cores naturais e artificias presentes nos cabelos. São 9 tons que compõem a tabela, indo dos mais escuros até os mais claros:

Altura de tom 1: cor preto azulado

Altura de tom 2: preto

Altura de tom 3: cor castanho escuro

Altura de tom 4: cor castanho médio

Altura de tom 5: cor castanho claro

Altura de tom 6: cor loiro escuro

Altura de tom 7: cor loiro médio

Altura de tom 8: cor loiro claro

Altura de tom 9: cor loiro muito claro

Essa pode ser considerada uma lista geral, já que algumas marcas de produtos costumam trabalhar com até 12 alturas de tom. Nesse caso, o número 10 corresponde ao loiro claríssimo, o número 11 ao loiro ultra claro e o número 12 ao loiro ultra claríssimo.

altura do tom

Nas embalagens de tinta para cabelo, a altura de tom é representada pelo primeiro número impresso na caixa. Como exemplo: se o número encontrado for 6, significa que a altura de tom daquela tintura é loiro escuro.

Cores reflexo (Nuances)

Além da altura de tom, uma tinta também pode apresentar uma cor reflexo. Na embalagem, a cor reflexo é representada pelo número que vem depois do ponto, ou seja, depois da indicação do número de tom. Assim, se uma tintura indica 6.1, significa que o 6 representa o tom loiro escuro e o 1 a cor reflexo. Veja a classificação:

Numeração 1 após o ponto: cor reflexo cinza

Numeração 2 após o ponto: cor reflexo irisado

Numeração 3 após o ponto: cor reflexo dourado

Numeração 4 após o ponto: cor reflexo acobreado

Numeração 5 após o ponto: cor reflexo acaju

Numeração 6 após o ponto: cor reflexo vermelho

Numeração 7 após o ponto: cor reflexo esverdeado

cores reflexo nuances

Algumas marcas também trabalham com duas cores de reflexo em um mesmo produto. Nesse caso, a numeração da tintura apresentará dois dígitos após o ponto, o que correspondente aos dois tons de reflexo. Como exemplo, temos a cor louro acobreado acaju, onde o louro é a altura de tom e os reflexos serão acobreado e acaju. O reflexo que aparece primeiro após a indicação do tom sempre será o mais aparente no cabelo, enquanto que o segundo apresentará apenas algumas nuances.

Volumagem

 

volumagem

Em cabelos com altura de tom muito escura e no qual o cliente deseja alcançar uma cor mais clara, pode ser necessário um processo de descoloração (água oxigenada e descolorante). Por ser uma química agressiva e, muitas vezes, incompatível com outros procedimentos capilares, ela costuma ser a última opção dos cabeleireiros para clarear a base dos cabelos. Entretanto, é possível recuperar possíveis danos aos fios com tratamentos específicos e cremes reconstrutores, especialmente quando a química e o cuidado posterior são realizados com o mesmo profissional. Veja agora a classificação desses produtos e os resultados possíveis com cada volume:

Água oxigenada 10 volumes: garante pouca fixação da cor da tinta, fazendo com que ela haja como um tonalizante ou banho de brilho.

Água oxigenada 20 volumes: geralmente mantém o tom de base, mas pode chegar a clarear 1 tom.

Água oxigenada 30 volumes: garante o clareamento de 2 a 3 tons, sendo ideal para cabelos com fibras fáceis de clarear.

Água oxigenada 40 volumes: garante o clareamento de 4 a 5 tons, sendo ideal para cabelos com fibras difíceis de clarear.

4. Passos da colorimetria

O estudo da Colorimetria pode ser dividido em quatro passos, que envolvem desde o uso de recursos para a compreensão das cores e suas relações até o cálculo de proporções para chegar ao tom desejado.

Passo 1: Estrela de Oswald

estrela de oswald

 

A estrela de Oswald é uma ferramenta bastante utilizada por profissionais que trabalham com Colorimetria. Nela, estão dispostas as cores primárias, secundárias e terciárias, de maneira que o observador possa verificar quais se anulam e se neutralizam. Quando duas cores aparecem opostas na estrela, significa que uma delas pode neutralizar a outra. Por exemplo: o azul neutraliza o laranja e vice-versa, portanto, se o cabelo estiver com um fundo muito alaranjado e o profissional quiser anulá-lo para criar uma base neutra, poderá aplicar um tom de azul por cima.

Conhecer e entender a estrela de Oswald é essencial para qualquer cabeleireiro que deseja fixar informações relativas às cores e suas possibilidades na coloração. É a partir desse conhecimento que muitas tonalidades são alcançadas sem gerar grandes danos aos fios. Outro exemplo bem prático da utilização da estrela está na conhecida prática de matização dos cabelos loiros. Nesse caso, a tonalidade amarela das madeixas — muitas vezes indesejada — pode ser neutralizada com a aplicação de uma tinta ou tonalizante roxo, visto que essa é a cor oposta do amarelo. O resultado é um cabelo loiro com tom mais acinzentado e apagado, ou seja, um loiro neutralizado.

2. Fundo de clareamento

fundo de clareamento

 

O fundo de clareamento é representado por uma paleta de cores, as quais representam possíveis tons a serem alcançados durante o clareamento. Para usar esse recurso, é preciso que o profissional leve em conta os pigmentos naturais das fibras do cabelo, já que nem todos são iguais. A pigmentação natural presente em cada cabelo varia de uma pessoa para outra, sendo influenciada pela genética, alimentação e cuidados gerais com os fios. Existem basicamente dois tipos de pigmentos, e a cor de base final será determinada pela quantidade de cada um presente nas fibras capilares:

Eumelanina

Pigmento presente em cabelos que vão do preto ao vermelho-escuro, portanto, é mais difícil de ser encoberto por outras tinturas. Ao mesmo tempo, a estrutura desse pigmento é granulosa e bastante concentrada, o que torna mais fácil a sua retirada dos fios. Nesse caso, o clareamento ocorre de maneira mais rápida e simples.

Feomelanina

Pigmento presente em cabelos com tonalidades que vão do vermelho intenso ao amarelo, dando origem aos fios de cores claras e médias. Como apresentam tonalidades mais claras, são encobertos facilmente por outras tinturas, geralmente sem a necessidade de aplicar uma segunda camada ou realizar a descoloração. Por outro lado, ao contrário do primeiro pigmento, a feomelanina é mais difícil de ser retirada dos fios. Dessa forma, o clareamento de cabelos mais claros é mais demorado e pode causar mais danos quando comparado às madeixas escuras.

Identificar o tipo de pigmento presente no cabelo garante a aplicação adequada da tintura nos fios, já que o resultado do tom é influenciado pela cor presente na base natural. A partir dessa etapa, cabe ao profissional usar seus conhecimentos de Colorimetria para encontrar a melhor solução e adequá-la ao desejo do cliente.

3. Avaliação e diagnóstico

Nesse passo, são levantadas as características presentes e as características desejadas dos fios. Depois de identificar o fundo de clareamento, o cabeleireiro deve conversar com seu cliente para saber qual a cor a ser alcançada durante o procedimento de coloração.

O diagnóstico é importante porque também leva em conta a estrutura do fio, permitindo ao profissional escolher uma técnica que seja compatível com o tipo de cabelo. Uma pessoa que chega ao salão com os fios muito sensíveis e danificados não pode passar por um processo de descoloração. Nesse caso, o acompanhamento de um profissional é fundamental para a aplicação da Colorimetria em busca da tonalidade mais próxima do desejado.

4. Matemática da colorimetria

Esse é o passo onde a Colorimetria é aplicada, quando os profissionais escolhem o tipo de tinta de acordo com o fundo de clareamento e a tonalidade desejada para o cabelo do cliente. A partir da soma de duas cores — a presente no cabelo e a da tintura — o cabeleireiro consegue neutralizar a base para então aplicar o tonalizante ou tinta com a cor que tingirá os fios.

5. Conheça a matemática da colorimetria

matematica da colorimetria

Para garantir bons resultados com a Colorimetria, é essencial que o cabeleireiro saiba aplicar cálculos exatos na mistura de seus produtos. Na busca do tom ideal, são usadas operações simples da matemática, como adição e divisão. Entenda como fazer:

Calculando os tons de base

Alcançar um bom tom de base é um passo importante para que a cor aplicada em seguida fique o mais próximo possível da indicada na embalagem. Para conseguir isso, muitos cabeleireiros costumam juntar diferentes cores para alcançar uma única tonalidade. Digamos que alguém queira chegar a um tom loiro escuro, ou seja, de numeração 6.0 conforme a classificação das cores de tom. Para isso, é possível misturar castanho claro, loiro escuro e loiro claro, respectivamente, alturas de tom 5 + 6 + 8. A soma da numeração dessas três cores dá 19, que será dividido pela quantidade de cores misturadas: 19/3 = 6,3333333 (esse 3 no final não corresponde a cor de nuance e sim ao resultado de dízima periódica). A forma mais utilizada é a soma de duas cores de base para se obter uma, por exemplo, 8+4 = 12/2 = 6. Nesse caso, a numeração resultante corresponde ao loiro escuro conhecido como 6.0. Para definir o tom de reflexo pode ser usado os intensificadores ou “cores fantasias” (cinza, dourado, irisado, mate, cobre, dentre outras) de acordo com o tom desejado pela cliente. E lembre-se, para obter uma cor exata ou próxima da realidade as misturas devem ser em quantidades iguais.

 6. Dicas para usar a colorimetria no dia a dia

dicas para usar a colorimetria no dia a dia

Por ser uma ciência bastante ampla, a Colorimetria sempre traz algo diferente para quem quer aprender novas formas de aplicar e combinar cores. Sendo assim, além do estudo e capacitação constante, é preciso que os profissionais estejam preparados com dicas e informações sobre o uso dessa matemática da beleza. Veja como melhorar a experiência do trabalho com a Colorimetria e garanta bons resultados:

Lembre-se dos números que correspondem às cores

Assim como todo estudo tem sua parcela de decoreba, é importante que profissionais empenhados em usar conceitos da Colorimetria saibam a numeração de cada cor presente nas tabelas. Com essa informação fixada, fica mais fácil calcular os tons que serão aplicados nos cabelos dos clientes. Cuidado para que a divisão seja sempre feita de acordo com a quantidade de cores misturadas, pois assim o resultado será sempre certeiro.

Use tintas e tonalizantes de qualidade

Tinturas de qualidade e dentro do prazo de validade são essenciais para garantir uma tonalidade bonita e fiel às expectativas. Sendo assim, tome cuidado com a armazenagem desses produtos, observando sempre as condições antes de aplicar nas misturas. Um simples tubo de tinta vencida pode comprometer totalmente a cor da combinação, e você não gostaria de ser pego de surpresa dessa maneira, não é?

Faça teste de mecha

O mercado de tintas capilares está sempre cheio de novidades, com produtos que prometem resultados cada vez melhores. Porém, saiba que se aventurar nessa variedade pode ser perigoso se você não souber comparar as cores de novas mercadorias com as que já conhece. De uma marca para outra, é muito comum existirem diferenças perceptíveis de tonalidades, portanto, faça teste de mecha toda vez que resolver usar um produto novo. Esse cuidado também é valioso para descartar qualquer possibilidade de reação alérgica nos seus clientes.

Pratique sempre

Como dizem por aí, a prática leva à perfeição. É por isso que, antes de ser um bom profissional, você precisa experimentar, testar e até errar várias vezes. É com o erro que você avalia pontos bons e ruins e seleciona somente o que é positivo para seu trabalho. Claro que ninguém quer aplicar uma mistura errada no cabelo do cliente, então, como fazer? Uma boa dica é começar com fios sintéticos e depois passar para os naturais. Você pode praticar com mechas descartadas durante os cortes no salão e fazer a mistura de cores para observar o resultado. Passado um bom tempo da prática, você fará os cálculos rapidamente e sem muito esforço.

Na busca da estética perfeita, a junção de conhecimentos novos e antigos tem sido uma boa saída para os profissionais que cuidam da saúde dos cabelos. A informação é a base de tudo, e está presente nos mais diversos lugares em forma de cursos, palestras, revistas e também na internet. Ao cabeleireiro mais ousado, cabe a vontade de aprender cada vez mais e aproveitar os recursos disponíveis para a realização de um trabalho coerente e digno de admiração.

E você, já conhecia o conceito ou alguma ferramenta da Colorimetria Capilar? Deixe sua opinião nos comentários!

 

Aneethun recomenda: Linha Blond Revive

Blond Revive Aneethun

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedin
Você deve gostar também
cuidados-tratar-cabelos-loiros
Quais são os cuidados necessários ao tratar cabelos loiros?
Matizar_os_cabelos_por_que_e_como_fazer.jpg.jpeg
Matizar os cabelos: por que e como fazer?
como trabalhar com miracurl
Como trabalhar com miracurl e obter vários efeitos diferentes?
116 Comentários
  • 24/06/2017 em 12:42
    Responder

    O problemas com as cores terciárias é conseguir manter a mesma mistura para conseguir exatamente a mesma cor. Você tem algum esquema para não fazer uma mistura um pouco diferente e não conseguir a cor exata que conseguiu em um momento anterior?

    • Aneethun
      14/07/2017 em 14:50
      Responder

      Olá Gilmara! A balança de precisão é uma excelente opção para manter fiel as cores usadas anteriormente, assim como manter a marca que já vem sendo usada tanto para a coloração/tonalizante quanto a água oxigenada.

  • 24/06/2017 em 12:36
    Responder

    Muito bom artigo

  • Perla
    24/06/2017 em 00:54
    Responder

    Olá eu tenho cabelos castanho claro eu estava com luzes acabei passando uma tintura 46 não gostei eu gostaria que tivesse ficado mas escuro tipo preto com fundo vermelho gostaria de sabe se eu pintar com 366 vai fica da cor que eu quero

    • Aneethun
      14/07/2017 em 14:52
      Responder

      Olá Perla! Sim, a coloração com base 3 é mais escura e o fundo avermelhado é bem comum para essa altura de tom.

  • devanira fadel
    20/06/2017 em 13:38
    Responder

    preciso saber…o meu cabelo é totalmente branco natural….uso sempre a cor castanho médio..ele consegue cobrir toalmente meus brancos…mas fica muito escuro…eu gostaria que ficasse castanho claro ou medio…qual cor devo misturar pra conseguir o resultado castanho ou chocolate??????????

    • Aneethun
      14/07/2017 em 16:14
      Responder

      Olá Devanira! As marcas de colorações já trazem as misturas de tom conhecidas como chocolate em suas descrições, porém, se deseja clarear um tom, é importante que procure um profissional, pois coloração não tem o poder de clarear outra coloração, podendo resultar em raiz mais clara e pontas mais escuras.

  • Alex
    07/05/2017 em 14:53
    Responder

    Veja este vídeo sobre a colorimetria SENSACIONAL https://goo.gl/Z3ODC4
    RECEBE ESTE E-BOOK TOTALMENTE GRATIS PARA SE TORNAR UM CABELEREIRO DE SUCESSO https://goo.gl/fokv5v

  • Dirce Reis
    02/05/2017 em 21:30
    Responder

    ola boa noite a Anethum tem tinturas para vender para salão de beleza?

    • Aneethun
      03/05/2017 em 09:46
      Responder

      Olá Dirce! A Aneethun hoje não possui tinturas em seu catálogo de produtos.

    • valneia
      03/05/2017 em 21:25
      Responder

      ola pessoal,usei o matizador blu em um cabelo com mexas e o cabelo ficou azul e agora verde,o que faço?

      • Aneethun
        05/07/2017 em 17:28
        Responder

        Olá Valneia! Lave os cabelos com um shampoo antirresíduos de qualidade para que o azul saia gradativamente do cabelo. Lembrando que o azul vai sair de pouco em pouco a cada lavada.

  • Tatiana
    01/05/2017 em 07:38
    Responder

    Olá! Usei a tinta 3.65 acaju purpura esta desbotando e eu queria so reavivar a cor.
    Se eu usar tonalizante marsala 6.56 vai pegar?
    Eu so quero da um brilho msm pq ta desbotando rapido!
    Aguardo respostas obg

    • Aneethun
      17/07/2017 em 09:36
      Responder

      Olá Tatiana! O uso de tonalizante pode resolver seu problema, porém os produtos para cabelos coloridos, assim como o uso de ampolas que reativam a cor, também são muito indicados, pois possuem uma alta carga de antioxidantes que devolvem brilho e vida aos cabelos.

  • Erika Morais
    26/04/2017 em 01:44
    Responder

    Oi, boa noite..
    Meu cabelo está ruivo muito laranjinha, quero deixá-lo mais dourado. O que devo fazer?

    • Aneethun
      17/07/2017 em 09:41
      Responder

      Olá Erika! Tudo depende muito da altura de tom que está o seu cabelo, mas um cabeleireiro de sua confiança poderá retirar esse “alaranjado” indesejado sem muitas dificuldades. O uso de uma linha de matização instantânea pode lhe ajudar a sanar esse problema de forma paliativa.

  • GABRIELA
    25/04/2017 em 16:39
    Responder

    Olá Boa Tarde !!! Eu tinha luzes no tom perolado praticamente no cabelo todo, e decidi escurecer.. Pintei meu cabelo de Loiro escuro , porém ficou um tom meio esverdeado, nesse caso com qual tonalidade de loiro eu devo pintar pra ficar no tom certo ????? Por favor me ajudem , iria me ajudar muitooooo .

    • Aneethun
      17/07/2017 em 09:42
      Responder

      Olá Gabriela! É um caso complexo, pois houve um excesso de pigmento cinza que resultou nesse tom indesejado. O mais prudente é procurar um profissional para não piorar ainda mais a situação, casos extremos como esse necessitam de cuidados especiais.

  • Cristina
    19/04/2017 em 20:36
    Responder

    Se eu misturar um tubo inteiro de tinta 6.34 + meio tubo de 12.0, qual cor de base vou ter?

    • Aneethun
      28/04/2017 em 15:00
      Responder

      Olá Cristina, o ideal é que você procure um profissional cabeleireiro capacitado para fazer esta mistura e até mesmo a aplicação, pois ele saberá bem a mistura a ser feita pela base natural do seu cabelo para obter a sua cor desejada.

  • Eliane
    17/04/2017 em 20:11
    Responder

    Vc fez uma somatória de cores base e de onde surgiu o dourado? Vc não acha melhor voltar a estudar colorimetria? Está ensinando errado!

    • Aneethun
      02/05/2017 em 15:36
      Responder

      Olá Eliane! Realmente havia uma informação equivocada no artigo, mas já corrigimos. Obrigado por nos alertar sobre o erro!

  • Michelle
    16/04/2017 em 20:36
    Responder

    Olá! Tenho uma tinta 12.11, se eu misturar com uma tinta de numeracao 9.2, qua cor ficaria?

    • Aneethun
      02/05/2017 em 16:18
      Responder

      Olá Michelle! Nesse caso, é importante que você procure um profissional cabeleireiro capacitado para fazer esta mistura, e até mesmo a aplicação, pois somente ele saberá a combinação ideal a ser feita pela base natural do seu cabelo.

  • Viviane
    13/04/2017 em 17:30
    Responder

    Boa tarde!
    Meu cabelo deve estar uns três tons, a raiz escura, o fundo castanho escuro e com muito reflexo que está meio loiro acobreado e tô querendo ficar ruiva um tom fechado tipo acaju. Posso comprar tipo um 5/5 pra obter a cor desejada

    • Aneethun
      02/05/2017 em 16:22
      Responder

      Olá Viviane! É importante ressaltar que somente um bom colorista, mediante a uma análise do seu cabelo, poderá dizer a cor certa a aplicar.

  • Sirlene
    02/04/2017 em 21:44
    Responder

    Boa noite!
    Meu cabelo estava com luzes, eu querendo parar de fazer luzes, resolvi pintar, então comprei uma tintura 81 e passei, as luzes não alteram muito, mas minha raiz que é castanho claro ficou laranja.
    Que tom posso usar para cobrir todos os fios e ficar com um loiro bonito.
    Me ajudem por favor.
    Há!, Usei também o 121.
    Também não deu certo.

    • Aneethun
      11/05/2017 em 17:05
      Responder

      Olá Sirlene! Pelo que disse é um caso bem complexo, porque você mudou o seu cabelo natural. O certo seria procurar um bom profissional para que juntos vocês decidam o melhor a fazer.

  • carou
    02/04/2017 em 13:38
    Responder

    eu estava com o cabelo castanho marrom 477 e fiz decapagem retirei tdo a tinta cheguei num loiro acobreado passei 5777 meu cabelo ficou um castanho medio com reflexo cobre avermelhado nao gostei queria um marrom com reflexo dourado que amo me ajuda e obrigda desde ja um bjo

    • Aneethun
      11/05/2017 em 17:07
      Responder

      Ola Carou! O que aconteceu foi uma incompatibilidade de reflexos, o seu cabelo não alcançou o fundo de clareamento ideal para o tom que você deseja. A somas de reflexos terá que ser feita por um colorista para evitar erros.

  • marcela
    28/03/2017 em 09:28
    Responder

    oi fui ao salão de cabeleireiro e fazer luzes e a moça pintou meu cabelo com duas tintas 8.1 e 8.3 e meu cabelo estava 7.4 ai eu fiquei com uma coloração cobre e para ajudar ela jogou luzes em cima dourada … pode me dizer o que pode ter ocorrido.

    • Aneethun
      11/05/2017 em 17:17
      Responder

      Olá Marcela! O que ocorreu foi uma incompatibilidade de reflexos.

  • 24/03/2017 em 14:14
    Responder

    Olá, minha raiz é castanho claro e as pontas estão azuladas, gostaria de saber que tom de coloração uso para retirar o azul sem deixa-lo muito escuro.

    • Aneethun
      31/03/2017 em 10:28
      Responder

      Olá Thalidi, coloração não clareia coloração, e o azul é a cor mais forte que temos, então neste caso você terá de descolorir para retirá-la e depois colocar o tom que você deseja. Porém, vale lembrar que somente um bom profissional saberá fazer esse tipo de procedimento sem colocar seu cabelo em risco.

      • Renata
        03/04/2017 em 15:48
        Responder

        Olá
        Tenho um tom de pele morena amarelada , tingir meu cabelo com a colocação 4.66, mas depois de alguns dias ficou acobreado, e gostaria de tingir meu cabelo com a coloração 4.3 ficaria bom com a minha tonalidade de pele?

        • Aneethun
          02/05/2017 em 17:00
          Responder

          Ola Renata! O ideal é que você façaa uma consulta a um profissional cabeleireiro para que ele possa avaliar melhor o tom que seu cabelo se encontra e através desta análise, ele possa te dizer a melhor cor a ser utilizada para o resultado que você deseja.

  • Tereza Cristina
    23/03/2017 em 10:23
    Responder

    Oi tudo bem?Você poderia me ajudar?Eu quero um castanho claro acinzentado para fazer luzes,e tenho muito cabelo branco.Que cor misturo?posso mistutas o 7.0 com bem poquinho de 3.111?Desde já agradeço.

    • Aneethun
      31/03/2017 em 08:56
      Responder

      Olá Tereza, este caso é bem complexo de ser feito, o ideal é que você procure um profissional cabeleireiro para melhor faze este tipo de trabalho.

  • Nathália Batista
    16/03/2017 em 17:20
    Responder

    Olá… Uso meu cabelo colorido já faz uns 3 anos, só que faço todo o processo de descoloração em casa. De uns dois anos pra cá, eu só venho jogando uma tinta por cima da outra e sempre que a raiz cresce alguns centímetros eu passo o descolorante. Mas o que acontece é que quando meu cabelo ta saindo a cor ele nao fica uma cor bonita ele fica quase um marrom, independentemente da cor que ele esteja. já tentei descolorir ele todo e meu cabelo fica rosa.Por que será que isso ta acontecendo? eu queria deixar ele platinado mas sempre fica rosa claro, será que vou ter que pintar de castanho e esperar alguns meses e começar de novo o processo de descoloração? ME AJUDEM, POR FAVOR

    • Aneethun
      11/05/2017 em 17:21
      Responder

      Olá Nathália! Todo processo de descoloração é muito minucioso e bem complexo para se fazer em casa. O ideal é fazer com um profissional bem recomendado para que você possa alcançar o tom desejado, pois isso evitara um resultado indesejado.

  • Andréa Mota
    13/03/2017 em 22:07
    Responder

    Olá, adorei a matéria sobre colorimetria ! Tenho uma pergunta . Meu cabelo é castanho escuro e pintei com tonalizante de castanho claro mas gostaria de fazer luzes sem precisar descolorir. É Possível ? ou então clarear o cabelo para louro escuro com reflexo dourado ?

    • Aneethun
      11/05/2017 em 17:23
      Responder

      Olá Andréa! Infelizmente para clarear o tom com cabelo que já passou pelo processo de cor não é possível, pois coloração não clareia coloração. O ideal é você fazer em um bom salão e, se possível, que trabalha com produtos de proteção, como a linha AMINOPLEX da Aneethun.

  • sueli casarin
    12/03/2017 em 10:22
    Responder

    gostoria de receber dicas e novidades sobre colorimetria

    • Aneethun
      13/03/2017 em 10:27
      Responder

      Olá Sueli, obrigado pelo comentário! Continue acompanhando o nosso blog, em breve postaremos mais artigos sobre Colorimetria.

  • ercilia
    09/03/2017 em 19:05
    Responder

    ainda estou apreciando ,gostaria de ter uma apostila. 0brigada.

  • Márcia Rodrigues
    02/03/2017 em 14:31
    Responder

    Amo mais tenho bastante dificuldade ,gostaria mto de saber em um tubo de coloraçao de 60grs. ,9.21 qual EA porcentagem de nuances???

    • Aneethun
      11/05/2017 em 17:29
      Responder

      Olá Márcia! Cada fabricante de coloração tem sua porcentagem em segredo. No caso do 9,21, a porcentagem de irizado é maior, pois é a nuance principal.

  • vanusa braga
    22/02/2017 em 13:20
    Responder

    gostaria de saber como neutralizar a cor cinza de 12/11 pra uma altura de 9

    • Aneethun
      31/03/2017 em 10:13
      Responder

      Olá Vanusa, é preciso fazer uma pré pigmentação para esse procedimento, o correto seria você procurar um profissional capacitado.

  • Jessica
    18/02/2017 em 02:49
    Responder

    Oi me tire uma duvida. Meu cabelo esta meio laranja meu amarelo .quero tira esse tom e continua vo ele claro .posso misturar 6.1 com 7.2 qual resultado vou ter?

    • Aneethun
      31/03/2017 em 10:15
      Responder

      Olá Jessica, para neutralizar um tom indesejado você precisa saber em qual altura de fundo de clareamento ele está, caso contrário você poderá escurecer demais o tom.

    • Rose
      11/05/2017 em 08:27
      Responder

      Ola Jessica, acho que deveria usar o 7.0 e outra cor que achar conveniente, pois o melhor, pelo que aprendi lendo blogs e vendo videos no YouTube pra que eu pudesse tingir meu próprio cabelo (moro em Toronto e aqui é muito caro) é que sempre devemos usar cores bases e a mistura tem q ser feita com tintas tipo X.1 ou X.11 ai vai da cor que quer usar. As cores fantasias não cobem bem as outras cores, por isso seria bom misturá-las com cor base.

  • Jonny
    14/02/2017 em 14:02
    Responder

    É realmente interessante essa área. Eu encontrei um curso de Colorimetria avançada que vou compartilhar aqui com vocês. Espero que gostem!

    O link direto é este:
    http://bit.ly/2ktznBV

  • Nayara
    09/02/2017 em 09:02
    Responder

    Ola. Amo Aneethun. Ja fiz muitas hidratações da linha, mas tenho uma pergunta profissional. Faço coloração loira, todos os meses faço retoque de coloração, mas meu fundo é super escuro, um castanho medio eu acho. Minha cabeleireira usa [12.11 + intensificador + outro que eu não sei] com OX 40vol somente na raiz. Existe outra maneira de fazer esse retoque sem usar tantas misturas? Posso enviar uma foto para me ajudarem? Estou email: nayka.lima@hotmail.com. Eu ficaria extremamente agradecida.

    • Aneethun
      02/03/2017 em 16:52
      Responder

      Olá Nayara, para o clareamento dos cabelos temos duas maneiras, uma é com descoloração feita com pó descolorante e água oxigenada, a outra com coloração super clareadora, com algumas misturas para neutralizar as cores quentes como laranja e amarelo, como sua cabeleireira faz. Entre estas formas de clareamento, a que é menos agressiva, com certeza é a coloração. Mas com bons tratamentos como a linha Aminoplex da Aneethun, você terá seu cabelo loiro e saudável, independente da opção de clareamento que escolher.

  • Vera Lucia da Silva Souza
    01/02/2017 em 17:20
    Responder

    amei a didatica, consegui entender deireitinho, mto obgda.

    • Aneethun
      14/02/2017 em 12:39
      Responder

      Olá Vera, obrigado pelo seu comentário! Não deixe de sugerir outros assuntos que gostaria de ler aqui no Blog.

  • Dalva Venancio FF
    25/01/2017 em 14:23
    Responder

    olá tudo bem? gostaria de saber como faço pra tirar o ton vermelho do meu cabelo? Pintei meu cabelo de castanho medio e tomei sol demais ele ficou avermelhado. Quero meu cabelo só castanho. Eu tenho alguns fio branco. obrigada

    • Aneethun
      02/03/2017 em 13:00
      Responder

      Olá Dalva, o ideal seria você aplicar novamente o castanho médio, mas com um oxidante de 10 volumes para que a própria coloração neutralize o tom indesejado. Para evitar que aconteça novamente, você poderá utilizar a linha Revive System da Aneethun, com algas vermelhas e pitaya, que blinda os pigmentos dentro do córtex, evitando o desbotamento da cor. Obrigado!

  • Ana Claudia
    22/01/2017 em 15:53
    Responder

    Amei!!! Sem complicações, muito fácil de entender.

    • Aneethun
      25/01/2017 em 15:55
      Responder

      Obrigado pelo seu comentário Ana Claudia!

  • Alessandra Ribeiro Peres da Silva
    16/01/2017 em 16:11
    Responder

    Olá boa tarde, sou de Bauru sp, gostaria do tel. do representante da minha região obrigada! Alessandra

    • Aneethun
      14/02/2017 em 13:14
      Responder

      Olá Alessandra! A franquia responsável pela sua região é:
      Aneethun Bauru
      Tel.: 14 3238-7070
      bauru@aneethun.com

  • ELEM
    02/01/2017 em 12:41
    Responder

    Achei muito interessante todas as explicações, simples e claro sem complicações.

    • Aneethun
      03/01/2017 em 09:40
      Responder

      Olá Elem, obrigado pelo seu comentário! Fique à vontade para sugerir outros temas que gostaria de ler aqui no blog.

  • Aldeciane
    17/12/2016 em 03:31
    Responder

    Estou fazendo curso de cabeleireiro profissional Academy, mas mesmo vendo vídeos e lendo ainda não consegui entender a Estrela de Oswald nem a colorimetria como pode me ajudar?

    • Aneethun
      03/01/2017 em 09:25
      Responder

      Olá Aldeciane! O ideal é que você procure uma escola especializada em Colorimetria para que possa te instruir e esclarecer melhor tudo sobre a matemática das cores.
      Segue um link para uma videoaula onde o hair stylist Alejandro Valente ensina a entender e treinar as misturas de cores da Estrela de Oswald utilizando massinhas de modelar, pode ser que te ajude: https://www.youtube.com/watch?v=3ZjZ4JCaxoE

      Continue acompanhando também o nosso blog, postaremos mais artigos sobre Colorimetria em breve!

  • Adriana Souza
    15/12/2016 em 11:27
    Responder

    Ola. Gostaria de tirar uma dúvida! Meu cabelo e castanho escuro e fiz umas mechas mel. Mas a raiz do meu cabelo ja ta aparecendo os fios brancos. Que cor devo colorir meu cabelo para que cubra os brancos e não tire as mechas claras?

    • Aneethun
      04/01/2017 em 10:20
      Responder

      Olá Adriana!
      O ideal é que você consulte um colorista para que ele possa definir o fundo de clareamento e a porcentagem de fios brancos. Uma opção é retocar as luzes somente na raiz sem aumentar o número de mechas na extensão dos fios. Opte sempre por produtos que tratem os fios coloridos, isso ajudará a iluminar ainda mais as mechas já existentes.

  • Patrícia
    14/12/2016 em 22:41
    Responder

    Oi Boa noite meu nome e Patrícia, sou cabeleireira de Minas Gerais, queria saber se vcs têm a tabela de cores que vcs não estão usando e conceder uma pra mim.

    • Aneethun
      03/01/2017 em 08:30
      Responder

      Olá Patrícia! A Aneethun não trabalha com tabela de cores, pois não possui produtos de coloração, apenas descoloração.

  • Nilde Torres
    04/12/2016 em 15:22
    Responder

    Sou do interior do Maranhão tenho um salão e é difícil formações na minha cidade, temos q ir pra capital e as vezes não dá… Gostaria de receber se possível dicas de colorimetria no meu imail:enilde31@gmail.com parabéns pra todos da ANEETHUN vocês são 1.000. Obrigada…..

    • Aneethun
      05/12/2016 em 09:18
      Responder

      Olá Nilde, obrigado pelo seu comentário! Inscrevemos seu e-mail para receber as nossas newsletters, basta confirmar na sua caixa de entrada.

  • Marcílio
    21/11/2016 em 22:18
    Responder

    Bom aqui para o cabeleireiro que quer enriquecer seu trabalho, é uma ótima opção para estudar. Tá de parabéns!

    • Aneethun
      22/11/2016 em 07:20
      Responder

      Obrigado pelo comentário, Marcílio! Não deixe de sugerir novos temas que gostaria de ler aqui no blog também!

  • Angelita
    21/11/2016 em 20:22
    Responder

    Bem complicado a colorimetria,mas estou gostando da pra entender bem a explicação de vcs.

    • Aneethun
      22/11/2016 em 07:17
      Responder

      Que bom que está gostando, Angelita! Fique à vontade para sugerir outros temas que gostaria de ler aqui no blog, OK?!

  • camila
    17/11/2016 em 11:51
    Responder

    Mto bom o post!
    Um help: tenho luzes no cabelo mas já estão oxidadas… comprei 2 tintas 6.34 (chocolate) e 8.1 (loiro cinza).
    Vai dar certo essa mistura doida?!
    O reflexo 1 vai neutralizar o 4! isso né?!
    Quero um chocolate mas que não seja tão avermelhado!
    Obrigada!

    • Aneethun
      18/11/2016 em 08:10
      Responder

      Olá Camila! O ideal seria, antes de mais nada, sabermos a altura de tom que está o cabelo.
      É bom usar um tonalizante para esquentar o tom e não correr o risco de esverdear o cabelo.
      Lembramos que, usar a mesma proporção da outra cor 8.1, não é o mais indicado, pois pode “chumbar” a cor, portanto o ideal é usar um tom é um tom de base.
      Leve em consideração a altura de tom que que você deseja chegar, se é mais aproximado do tom natural da sua raiz ou não.

  • Monica
    15/11/2016 em 16:52
    Responder

    Parabéns pelo texto! Preciso descobrir um número!! Bjs mil

  • Patricia
    15/11/2016 em 09:27
    Responder

    Artigo muito bom mesmo…esclareceu muitas coisas pra mim…
    Mas tenho uma dúvida…
    Quando temos a fórmula separada em base e reflexo,
    A base deixo o tempo normal da tintura sem descolorir?!e o reflexo ou matizacao o tempo de 5 a 10 min?!

    • Aneethun
      21/11/2016 em 08:56
      Responder

      Olá Patricia! O ideal é que você siga a orientação do fabricante sobre o tempo de pausa, tanto na base quanto no reflexo. As indicações de uso variam de acordo com a marca de produto utilizada.

  • 13/11/2016 em 21:40
    Responder

    Artigo completíssimo, mandarei um link para ele em meu blog.

    • Aneethun
      14/11/2016 em 08:13
      Responder

      Obrigado pelo comentário Denise! Sinta-se à vontade para compartilhar nossos artigos no seu blog!

  • Tanaelson
    12/11/2016 em 15:26
    Responder

    Muito boa essa explicação.

  • ketlen
    26/10/2016 em 13:16
    Responder

    Ameiiii…. incrivel que consegui entender aqui na pagina em vez de ser com a professora kkk… Muito boa a colorimetria quando vc passa a entender cada detalhe.. amei mesmo.

  • Claudio T. Santos
    20/10/2016 em 22:17
    Responder

    ameiiii a explicaçao…queria mais aulas praticas …vcs teem centro tecnicos pra realizaçao de cursos

    • Aneethun
      21/10/2016 em 09:08
      Responder

      Olá Claudio, obrigado pelo seu comentário! Converse com seu Consultor Aneethun sobre as Oficinas e Workshops da marca em sua região. Não deixe de conferir a agenda de eventos no site, acesse: https://goo.gl/vnlYZU

  • Arlene
    05/10/2016 em 00:04
    Responder

    Gostaria muito de ver matematica dos reflexos
    exeplo : 4.72 + 7.35 = ? e como calculo

    • Aneethun
      05/10/2016 em 15:30
      Responder

      Olá Arlene! A matemática dos reflexo é um dos estudos mais complexos da colorimetria, seria complicado explicar através de uma simples resposta aqui neste espaço. Além disso, hoje em dia as empresas quase não trabalham com esses cálculos em seus cursos, pois cada marca usa uma numeração diferente. De qualquer forma, fica como dica de tema para um artigo aqui no blog. Obrigado pelo seu comentário!

    • Arlene
      30/10/2016 em 00:41
      Responder

      Gostaria muito de uma apostila de ensino para calculo de reflexos empleto: 6.45 + 7.62 = ? e como resolver

  • 28/09/2016 em 21:13
    Responder

    gostei muito do conteúdo estão de parabéns

    • Aneethun
      29/09/2016 em 09:31
      Responder

      Olá Felipe, agradecemos seu comentário! Sinta-se à vontade para sugerir os temas que gostaria de ler aqui no blog.

  • Paula
    27/09/2016 em 13:31
    Responder

    Olá adorei seu espaço. Meu cabelo está loiro médio com reflexos dourados. Gostaria de neutralizar esses reflexos dourados mas alguns fios estão cinza. Oq vc sugere? Abços

    • Aneethun
      27/09/2016 em 17:36
      Responder

      Olá Paula! Para neutralizar esse reflexo, você poderá utilizar a linha BLOND SYSTEM, lavar com o Silver Shampoo e em seguida aplicar a Máscara Iluminadora, observando até obter o tom frio que deseja.

  • Zenaide Alves de Sousa
    13/09/2016 em 17:09
    Responder

    amei as enformações obrigado

  • Denise
    14/07/2016 em 23:52
    Responder

    Adorei as dicas

  • eloiza Gomes
    10/07/2016 em 00:54
    Responder

    Amei essas informações!

  • Mary Sousa
    09/07/2016 em 21:07
    Responder

    estou sentindo cheiro de novidades no ar. não me diga que a aneethun vai lançar coloração?? 😃 amoo aneethun no meu salão tem um quadro especial da aneethun bem na recepção rsrs é amor demais!!!

    • Aneethun
      11/07/2016 em 10:45
      Responder

      Olá Mary, obrigado pelo carinho!!! Infelizmente ainda não há previsão para a Aneethun lançar uma linha de coloração, mas estaremos sempre nos empenhando para trazer novidades aos nossos parceiros cabeleireiros e clientes.

  • Rosineide
    09/07/2016 em 08:13
    Responder

    Adorei as informações. Vou buscar mais conhecimentos.

    • 25/01/2017 em 11:58
      Responder

      Olá Rosineide te indico um curso excelente

  • 08/07/2016 em 22:30
    Responder

    Show!

  • jussara Ribeiro
    08/07/2016 em 21:42
    Responder

    Amo colorimetria; não vejo a hora da Aneethun lançar a dela, já pensou tratamento e coloração juntas? Bom demais

  • marcia
    08/07/2016 em 10:54
    Responder

    Gosto mas tenho dificuldades.

    • Aneethun
      08/07/2016 em 11:08
      Responder

      Colorimetria é uma ciência muito complexa, Marcia! Por isso a importância de estar sempre em busca de informação, participar de oficinas e workshops, se atualizar e testar muito para adquirir experiência e conhecimento no assunto. Pode ter certeza que, com o tempo, você vai estar dando aula de Colorimetria para os cabeleireiros de primeira viagem!

  • kinjo asatru
    07/07/2016 em 23:35
    Responder

    Amo colorimetria

  • Deusa
    06/07/2016 em 21:52
    Responder

    Maravilhoso

  • horaide hora
    06/07/2016 em 15:17
    Responder

    A busca pelas cores é emocionante! É inevitável não se apaixonar por colorimetria, amo aprender!

    • Aneethun
      06/07/2016 em 16:31
      Responder

      Realmente, Horaide! A Colorimetria é uma ciência linda que nos encanta a cada descoberta e resultado que obtemos. Compartilhe com a gente suas experiências!

    • Simone
      22/10/2016 em 10:38
      Responder

      Perfeita a explicação muito bom.Parabéns

      • Aneethun
        26/10/2016 em 13:43
        Responder

        Obrigado pelo comentário, Simone! Continue acompanhando o blog para ficar pro dentro do universo da beleza e fique à vontade para sugerir outros temas que gostaria de ver por aqui.

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Seu nome*
Sua página da Web