Cabelos coloridos: guia de cuidados para salões de beleza

catalogo de cores de cabelos

No que diz respeito aos cabelos coloridos, dá para afirmar sem sombra de dúvidas: independentemente do tipo de fio, a hidratação e os outros procedimentos relacionados ao fortalecimento e à nutrição são essenciais.

Pode ser que, no dia a dia do salão de beleza, você esteja cansada de saber disso e que aplique muito bem os tratamentos pensando na saúde e na beleza dos cabelos coloridos de sua cliente. No entanto, é importante garantir que ela mantenha uma rotina de tratamentos que realmente façam diferença para o resultado da coloração. O que todo mundo quer é sair do salão linda e maravilhosa, certo? Então, a manutenção do dia a dia é mais que essencial!

Neste guia, vamos conversar um pouco sobre os cuidados que é preciso tomar com todos os tipos de cabelo antes, durante e depois da coloração. Também sobre como você pode instruir a sua cliente a cuidar dos cabelos também em casa, complementando o tratamento que você iniciou no salão.

Vamos lá?

1. Cuidados gerais com cabelos coloridos

cuidados-gerais-com-cabelos-coloridos

Todo cabelo precisa de cuidados frequentes e da realização de tratamentos, como hidratação e nutrição, assim como cortes periódicos para remover as pontas que vão ficando danificadas com o tempo.

Com os cabelos coloridos, a atenção deve ser ainda maior, pois os fios vão ter passado pelo tingimento e, em muitos casos, serão necessários outros procedimentos, como, por exemplo, a remoção da cor natural dos cabelos para pode acrescentar outra.

É importante usar produtos que sejam específicos para cabelos coloridos, e em caso de produtos sem enxágue como leave-ins e óleos capilares, dê preferência aos protetores térmicos, que protegem os fios das altas temperaturas e garantem a finalização do tratamento.

2. Cabelos crespos

cabelos-crespos

Como você sabe, não é porque a pessoa tem cabelo crespo que não pode jamais mudar a cor do cabelo! Por mais que os fios crespos sejam frágeis e tenham tendência a ressecar, quem tem esse tipo de cabelo está liberada para mudar a cor, se quiser.

Mas, no caso de colorir os cabelos crespos, é bom tomar alguns cuidados no salão e sempre instruir muito bem cada cliente, pois o ideal é que elas continuem satisfeitas com o trabalho feito e, claro, isso inclui a rotina de cuidados que elas devem ter.

Por exemplo, provavelmente, elas vão ficar em dúvida entre usar shampoo e condicionador específicos para cabelo crespo ou se deverão usar shampoo e condicionador específicos para cabelos coloridos.

Explique a elas que tanto um quanto o outro atuará no sentido de deixar o cabelo hidratado e com brilho. Porém, os produtos para cabelos coloridos têm um algo mais: eles vão agir na coloração do cabelo, tentando proteger a cor em cada lavagem.

Explique sobre a umectação e a hidratação em casa e no salão de beleza

A coloração sempre acaba afetando a saúde dos fios, deixando-os mais frágeis e ressecados. Portanto, é válido passar algum tempo se dedicando a fazer a umectação dos cabelos crespos — isto é, a nutrição intensiva com óleos essenciais que devolvam para os fios as proteínas, o colágeno e o lipídio que perderam com os procedimentos por que passaram.

No salão, antes e depois da hidratação, vale passar um tempinho aplicando óleos nos fios e explique para sua cliente que é preciso fazer isso em casa também, combinado?

A hidratação, se feita com a periodicidade necessária (semanal ou quinzenalmente), trará os melhores resultados em termos de duração da cor, da saúde dos fios e do brilho dos cabelos. Sabemos que a hidratação feita no salão acaba sendo mais “potente” do que a feita em casa, mas, independentemente de onde for feita, é um tratamento que não pode ser esquecido.

Aposte na proteção solar e na manutenção da forma

Por se tratar de fios frágeis e com tendência a ressecar, todo cuidado será preciso para protegê-los, também da ação do sol. Além disso, o sol pode desbotar a cor, fazendo com que você precise retocá-la mais rapidamente.

Então, o ideal é usar sempre protetor solar para os cabelos. Ah, usar leave-in e/ou ativadores de cachos, também ajuda a manter a forma dos cabelos, que podem ficar meio rebeldes por conta da coloração.

Dê um tempo no retoque dos cabelos coloridos

Dependendo da cor que a sua cliente tiver passado, dá para evitar o retoque mensal no cabelo todo. É melhor retocar somente a raiz todo mês e, com uma periodicidade maior, de três em três meses ou de quatro em quatro meses, fazer o retoque no cabelo todo. Assim o cabelo tem tempo de se recuperar, antes da próxima aplicação de tintura.

Existe também uma outra saída, que é não fazer o procedimento marcando demais a raiz. Assim, os retoques não precisarão ser tão frequentes.

3. Cabelos cacheados

cabelos-cacheados

Ao contrário dos crespos, os cabelos cacheados não ficam tão ressecados, mas têm maior facilidade de perder a forma, sabe? Justo aqueles cachinhos que todo mundo ama! A sua estrutura também dificulta que a oleosidade natural dos cabelos consiga atingir a ponta dos cabelos de maneira uniforme.

Isso significa que quem tem cabelos cacheados — alguns crespos também funcionam assim — que têm mais tendência a ter a raiz oleosa. Mas, não é regra, claro!

Ao contrário do que a maior parte das pessoas pensa, não é mais difícil cuidar de fios cacheados. Como qualquer tipo de cabelo, eles têm necessidades particulares que é preciso conhecer para ressaltar a beleza que é natural. E você pode ajudar a sua cliente a conhecer essas necessidades e “receitar” os melhores tratamentos, não é mesmo?

Fazer umectação para ajudar a hidratação

Assim como os crespos, vale a pena investir na umectação dos fios usando óleos que reponham elementos perdidos tanto no dia a dia quanto no processo de tintura dos fios. A umectação vai servir como um extra para que a hidratação seja ainda mais eficiente. E a hidratação, claro, precisa ser feita a cada quinze dias ou toda semana. Tudo depende da necessidade dos fios.

Investir em cremes de tratamento para manutenção é outra medida que pode ser adotada para a vida, não só quando os cabelos estiverem tingidos. Eles ajudam a dar aquele up nas madeixas!

Reduzir a quantidade de lavagens e de tinturas

É importante lavar sempre os fios para remover o excesso de gordura e as sujeiras que se acumulam na raiz com o tempo. No entanto, o mais adequado, no caso dos fios cacheados e tingidos e de outros tipos de cabelos, também, é fazer lavagens intercaladas para que os pigmentos não sejam removidos tão rapidamente. Se quer saber mais sobre como tratar a oleosidade, sugerimos o post que trata especificamente da oleosidade no couro cabeludo.

Os retoques de todo o cabelo também podem ser menos frequentes. Claro que isso também depende da cor escolhida e da saúde dos seus fios. Mas, faz muita diferença fazer o retoque de todo o cabelo a cada três ou quatro meses, sendo que a raiz pode ser retocada todo mês.

Usar produtos para manter a forma e proteger do sol

Usar protetor solar para proteger os cabelos da ação do sol é importantíssimo para que o pigmento não desbote. E quando for aplicar o protetor térmico utilize as mãos para formar os cachinhos e, se for necessário desembaraçar, utilize um pente — nunca a escova!

4. Cabelos lisos

cabelos-lisos

Assim como cabelos cacheados e crespos, existem muitos tipos de cabelos lisos. Há quem tenha fios grossos, fios finos, muito volume, pouco volume e por aí vai.

O mais importante é entender que não existe um cabelo melhor do que o outro, ou mais fácil de cuidar. Mas, sim, fios com necessidades diferentes e que, quando atendidas, deixam qualquer mulher ainda mais bonita!

Embora a estrutura dos cabelos lisos facilite a oleosidade natural de chegar até as pontas e que, por isso mesmo, tenham menos tendência a ressecar, não se engane! Esse tipo de cabelo precisa tanto de hidratação, quanto os demais. Antes e depois da coloração.

Uma rotina de beleza bem construída, com direito à nutrição e cauterização, é essencial, ainda mais quando os cabelos passam por algum tipo de mudança que abra as suas cutículas. No post sobre como prolongar os efeitos da hidratação, você encontra mais informações sobre esse assunto.

5. Cabelos loiros

cabelos loiros

Os fios loiros têm um lugar especial no coração da mulherada. Ainda mais no verão em que todo mundo quer é iluminar o rosto e ficar com aquele brilho dourado na pele e nos cabelos!

Mas todo mundo sabe que clarear os cabelos pode dar o maior trabalho. Isso porque, quando descoloridos, os fios ficam bem ressecados. Portanto, se não passarem pelos cuidados adequados, podem ficar quebradiços e sem vida.

E tem mais! O que quase ninguém conta é que, quando a gente clareia os fios, a chance de eles ficarem amarelados é enorme. Aliás, eles podem ficar alaranjados e, depois de determinados tratamentos, podem ficar também “chumbados”. Se isso não é novidade para você, saiba que para muitas mulheres, é. Mas, não se desespere — nem desespere a sua cliente! — como (quase) tudo na vida, tem solução! Veja só:

Cuidados essenciais antes da coloração

Imagine a seguinte situação: a cliente vai até o seu salão desesperada para mudar a cor do cabelo. O problema é que os fios não estão prontos para receber a química do descolorante por estarem muito ressecados e quebradiços.

Sabemos que é bem complicado lidar com a ansiedade das pessoas e, muitas vezes, elas podem acabar desistindo e indo bater na porta da concorrência. Mas saiba que mais importante do que fazer a vontade da cliente, é você deixá-la ciente da sua responsabilidade como profissional e sobre o resultado da descoloração.

Isso quer dizer que, antes de sair colocando produto no cabelo da mulherada, você deve se assegurar que a coloração não vai ser muito agressiva para os fios. Se necessário, faça teste da mecha, ok?

Sendo assim, antes de começar o procedimento, invista na hidratação dos cabelos. Em seguida, cerca de 48h depois, é hora de realizar a nutrição dos fios. Os dois procedimentos garantem que os fios estejam saudáveis e fortes para receber a coloração.

Ah, depois de feita a coloração, é importante fazer a reconstrução, pois durante os processos, os fios perderam queratina, que você precisará recuperar com o procedimento.

Matização

O processo de matização é indicado para quem tem cabelos coloridos, sobretudo loiros, pois intensificam e neutralizam as cores dos fios. A ideia é justamente acrescentar ao fim o tom que o cabelo está precisando ou que a pessoa deseja atingir.

É recomendado para cabelos loiros e ruivos (a gente vai falar dos ruivos já já!), que costumam perder pigmentação ou mesmo, no caso dos loiros, costumam ficar amarelados.

Shampoos roxos e antirresíduos

Outra dica importante que é preciso dar e que diz respeito à manutenção da cor dos fios é usar o shampoo roxo a cada 15 dias. Eles evitam que o cabelo vá ficando amarelado com o passar do tempo.

Já o shampoo antirresíduo não é recomendado para quem costuma clarear os cabelos, pois podem interferir na pigmentação do fio.

Reparador de pontas e cortes periódicos

Como dissemos, os fios descoloridos podem ficar cada dia mais ressecados, pois o procedimento abre as escamas do cabelo. Então, além de hidratar o cabelo com frequência, é importante utilizar o reparador de pontas sempre!

Mesmo que a cliente esteja deixando os fios crescerem, é de extrema importância cortar periodicamente — do contrário, de nada adiantará hidratar e passar produtos reparadores.

Chumbou? Xiii… e agora?

O cabelo chumbado é aquele que, depois de tanto colorir ou de tanto usar produto para tirar o amarelado, mudou de cor e ficou cinza, verde ou até mesmo roxo. Que desespero, não? Mas, na verdade, isso é bastante comum.

Nesse caso, vai ser preciso aplicar o shampoo antirresíduo. Aplique uma ou duas vezes e deixe agir por 5 minutos. Em seguida, pegue o shampoo normal, acrescente uma colher de café de descolorante azul e água oxigenada (se o cabelo for curto, use a de 20 mL, se for longo, pode ser de 30 mL).

Passe nos fios, se possível, evitando a raiz, durante 3 minutos — mais tempo do que isso pode clarear mais do que gostaria. Enxágue e, por fim, capriche na hidratação, pois os fios estarão um pouco desidratados.

6. Cabelos ruivos

cabelos-ruivos

Os ruivos naturais são considerados exóticos, porque são mais raros do que morenos, loiros e negros. Por terem uma beleza diferente do comum, chamam a atenção de todos. Os fios ruivos contêm uma melanina diferente, a feomelanina, mistura dos pigmentos loiros e vermelhos. E são muito imitados por quem tem diferentes cores de cabelo, já que deixam a mulherada bem mais jovem e dá um toque mais ousado para o visual.

Para atingir essa cor, é preciso abrir a cutícula do cabelo e acrescentar o pigmento. Mas, quando o cabelo é mais próximo do castanho, antes de acrescentar a cor, é preciso fazer a descoloração para retirar o pigmento original do fio e colocar o outro. É claro que, depois disso, é necessário realizar alguns procedimentos para devolver a hidratação aos fios e, também, o brilho.

“Dá trabalho ser ruiva?”

Essa pergunta você deve ouvir todo santo dia, não é mesmo? Todo cabelo colorido vai precisar de cuidados mais intensos do que o cabelo natural. Afinal, ele passou por uma mudança de pigmentação, seja no acréscimo da cor ou na remoção de parte da cor natural para a inclusão do novo pigmento. Não é brincadeira!

De modo geral, os fios ruivos tingidos ficam ressecados e ásperos, com o passar do tempo, pois cada retoque precisa ser feito em todo o cabelo para ele não ficar manchado no comprimento. Se foi necessária a descoloração antes da tintura, imagina só! Por isso, é preciso “investir pesado” na hidratação para que ele se mantenha forte e saudável.

Tem também o problema com o desbotamento da cor, que acontece por conta da oxidação, causada pelo sol e pelo contato com o cloro da piscina. Mas, não é motivo para preocupação, pois tem jeito de evitar esses danos!

 Como evitar a ação do sol

Não é porque sua cliente optou pelos fios vermelhos que você vai impedi-la de curtir o fim de semana na piscina. Mas, você deve alertá-la sobre os riscos que a cor do cabelo pode sofrer com o cloro e com o sol.

No caso, a proteção dos fios dependerá do uso do protetor solar para combater os raios do sol e a consequente oxidação do cabelo. Se for possível, diga a ela para tentar usar o produto sempre que ficar exposta ao sol, independentemente de estar ou não na praia ou na piscina.

Hidratação é sempre a melhor solução

Para acabar com a porosidade dos cabelos ruivos, não dá para fugir da hidratação. O ideal é fazer esse tratamento semanalmente ou a cada 15 dias, dependendo do estado do cabelo, e, junto com ele, fazer também a cauterização.

Esses dois tratamentos repõem elementos que os cabelos perderam durante os procedimentos para fazer a coloração, como lipídios e proteínas. A nutrição também é necessária, sobretudo no dia da coloração.

Cuidados caseiros, além dos cuidados nos salões de beleza, por que não?

Você pode fazer um milagre no salão, mas nada vai garantir resultados satisfatórios se a cliente não fizer a parte dela. Portanto, explique a ela a importância de usar produtos para cabelos coloridos; assim como a necessidade de estar em dia com tratamentos para recuperação dos fios, ainda que sejam realizados em casa. Explique que ela precisa investir em produtos ricos em proteínas, óleos naturais (mel, amêndoas…) e colágeno.

Ah, e a manutenção da cor garante o visual no dia a dia. Então, uma vez por mês, é preciso retocar o vermelho.

7. Cabelos escuros

 

cabelos-escuros

Cabelos escuros transmitem a imagem de mulher misteriosa e segura de si. Algumas mulheres têm medo de escurecer os fios e ficarem sérias demais. Mas, a verdade é que, independentemente da cor, é só ajustar o tom para o que mais valoriza os traços da cliente.

O grande desafio de quem tem fios escuros é garantir que eles permaneçam brilhantes e impecáveis. Pois, assim como os ruivos, os cabelos escuros costumam desbotar e perder o viço muito rapidamente.

Lavagens intercaladas e com produtos específicos

A conta é bastante simples: quanto mais lavar o cabelo, mais rápido ele vai desbotar. Não, isso não significa que se deve passar dias e dias sem lavar a cabeça. O esquema é intercalar os dias de lavagem; o famoso “dia sim dia não”, sabe? E, se puder evitar a água quente, é melhor! O fio desbota mais devagar se a água estiver fria.

Também insistimos no uso de produtos específicos para cabelos coloridos. Não é à toa não! Esses são os melhores aliados para quem espera ficar mais tempo com os cabelos bonitos e com a cor viva.

Hidratação agora, amanhã e depois!

O mais importante dos tratamentos não pode ser esquecido pelas mulheres de cabelos escuros. O procedimento precisa ser feito semanalmente ou a cada 15 dias, em casa e/ou no salão.

No dia a dia, também é importante dar um up nos fios e garantir a nutrição deles, logo após a lavagem. Como? Depois do shampoo e do condicionador (específicos para cabelos coloridos, lembra?), é preciso usar uma máscara que também tenha elementos que contribuam com a pigmentação dos seus fios. É só deixar agir de 3 a 5 minutos e lavar.

É só a pessoa inserir esse procedimento na rotina para ter resultados excelentes e a satisfação garantida!

Tem produto contra o desbotamento? Tem, sim!

O produto usado como leave-in e o protetor térmico são maravilhosos no quesito proteger do desbotamento. Além disso, eles ajudam a controlar a exposição dos fios ao sol e do calor excessivo do secador e da chapinha.

8. Conclusão

O grande desafio dos cabelos coloridos é a manutenção da cor e da saúde dos fios. Ao passarem pelos procedimentos necessários para a coloração, há grandes chances de ficarem frágeis e ressecados. Ou seja, sua cliente conquista a cor que sempre quis, mas não vai ficar completamente satisfeita.

Então, é de sua responsabilidade verificar se o cabelo está realmente preparado para receber a coloração desejada. E, sempre quer necessário, começar os processos pelos tratamentos e não pela transformação. Isso vai garantir que os fios realmente estejam fortes e saudáveis para receber a pigmentação e que não “sofram” demais com os procedimentos.

No mais, auxiliar a cliente a realizar a manutenção no salão, mas também em casa é uma maneira inteligente de torná-la ainda mais fã do seu trabalho e de garantir que o cabelo vai ficar do jeitinho que ela imaginou. Cliente satisfeita é cliente que volta! E ainda vai indicar o seu trabalho para todas as amigas.

E aí? Gostou das nossas dicas? Então, curta nossa página no Facebook para ficar por dentro de mais informações como essas.

 

Aneethun recomenda

Linha de coloração Blond Revive – Descoloração de alta performance.

Linha Blond Revive

Compartilhe nas suas redes sociais