Como se preparar para reabertura de salão durante a pandemia

cabelereira de mascara usando o secador de cabelo na cliente-sentada

A Organização Mundial de Saúde (OMS) decretou pandemia do Covid-19 no dia 11 de março. No Brasil, muitos empreendimentos tiveram que pausar as suas atividades desde então. No entanto, muitos negócios já estão se preparando para a retomada, como é o caso da reabertura de salão de beleza, que passou a ser parte dos serviços essenciais.

Todavia, é muito importante que nessa reabertura de salão, os donos, colaboradores e clientes respeitem rigorosamente as normas orientadas pela OMS, para que assim, seja possível evitar novos contágios do vírus.

A seguir, confira como preparar a reabertura de salão de beleza após essa pandemia:

4 dicas para você focar na reabertura de salão

1- Orientações aos colaboradores

Antes de colocar em prática a reabertura de salão, é fundamental que todos os profissionais de beleza sejam orientados a seguir as normas de higiene.

Para que essas práticas sejam seguidas, é necessário equipamentos e uma estrutura que esteja dentro das normas de higiene.

Equipamentos

  • Uso de máscaras para todos os colaboradores;
  • Aqueles que fizerem o uso de máscaras reutilizáveis, não devem permanecer com ela por longos períodos, o máximo indicado é de 3h ou menos, caso ela esteja úmida;
  • Lavar e desinfectar todos os equipamentos utilizados após o atendimento de um cliente, incluindo o jaleco descartável ou a farda do colaborador;
  • Sapatos fechados e que facilitam a limpeza recorrente;
  • Uso de luvas (ainda sim, as mãos devem ser lavadas várias vezes ao longo do dia).

Orientações

  • As roupas utilizadas para chegar ao trabalho não devem ser as mesmas utilizadas durante o atendimento;
  • As roupas utilizadas no atendimento devem ser transportadas em um saco plástico fechado;
  • Evitar o compartilhamento de itens pessoais entre colaboradores e clientes;
  • Evitar o uso de acessórios como anéis, relógios, brincos, pulseiras e colares;
  • Evitar o uso do celular durante o expediente, se for necessário o uso dele, faça a limpeza com álcool gel após uso;
  • Direcionar o secador da raiz para as pontas, evitando fazer o ar circular para cima e sim para baixo, mas lembre-se que cada cabelo tem uma maneira correta de secar;
  • Os cabelos dos colaboradores devem ficar presos em uma touca descartável e ter as unhas cortadas;

Dica bônus: Trabalhe como se todos os clientes estivessem infectados. Pode ser meio pavoroso pensar assim, no entanto, evita que descuidos aconteçam, principalmente com o passar dos dias e os colaboradores começarem a se acostumar com a nova rotina.

2- Ambiente e equipamentos para reabrir o salão

E não são apenas os profissionais de beleza que precisam ter os devidos cuidados. O ambiente e os equipamentos do salão devem ser limpos frequentemente, principalmente antes da reabertura do estabelecimento.

Por isso, garanta que os itens utilizados nos atendimentos sejam limpos por um agente desinfetante, como álcool 70% ou solução com água sanitária. E lembre-se: a solução de água com água sanitária deve seguir as medidas de proporção: 250ml de água sanitária para 1L de água.

Além disso, evite que o salão fique com janelas e portas fechadas. Para evitar ainda mais a proliferação do Covid-19, uma das orientações é manter o local aberto, para circular o ar.

Para facilitar a limpeza constante do lugar, evite que as bancadas fiquem cheias de equipamentos e mantenha sempre o mínimo deles expostos. Além disso, se possível, retire do lugar tapetes, para facilitar no processo de higienização.

3- Evitando aglomerações

Uma das estratégias mais pontuais para evitar a contaminação é evitar aglomerações de pessoas. Por isso, para reabrir o salão após a pandemia, uma das principais medidas deve ser evitar filas e proximidade entre os clientes.

Para isso, o uso de horários marcados deve ser uma das principais estratégias adotadas pelos salões. Evite fazer o uso de horários muito próximos um do outro, dando um espaço de 20 a 30 minutos entre os clientes.

Isso ajudará não só a evitar aglomerações, como também dará tempo de limpar todos os equipamentos que foram utilizados para atender o cliente anterior.

Além disso, as estações de trabalho devem ter distância mínima de 2 metros entre elas. 

4- Orientações aos clientes

Agora que todos os seus colaboradores estão instruídos e o ambiente está preparado, você não deve esquecer de passar as orientações aos clientes.

No momento de agendar o horário, deixe claro as seguintes informações: 

  • Será preciso fazer a higienização das mãos e dos pés. Para os pés, use um borrifador com álcool 70%, disponível em seu salão;
  • O uso de máscaras dentro do estabelecimento deve ser obrigatório e o recomendado é que os clientes tragam de casa;
  • O cliente, de preferência, deve evitar ir acompanhado, seja por uma pessoa ou animal doméstico;
  • Como as filas devem ser evitadas, é importante chegar no horário marcado, evitando chegar muito cedo ou atrasado.
  • Durante a permanência no estabelecimento, o cliente deve evitar o uso de celulares e de objetos pessoais;
  • O pagamento deve ser feito, preferencialmente na maquininha, evitando o contato com as cédulas;
  • Se algum cliente apresentar algum dos sintomas, como febre, tosse ou entrou em contato com alguém com um desses sintomas, deve evitar sair de casa e permanecer em quarentena por no mínimo 14 dias.

Retomada para reabrir o salão durante a pandemia

Sabemos que o momento é complicado. Nessa retomada para reabrir o salão após a pandemia, você, como líder do empreendimento, deve focar na saúde financeira do seu negócio, mas também no bem-estar dos seu colaboradores e dos clientes.

Por isso, busque sempre manter as normas e dicas, que pontuamos ao longo do artigo. É importante que todos façam a sua parte.

Compartilhe nas suas redes sociais