Confira quatro hábitos alimentares que podem enfraquecer seus cabelos

Muitas vezes, na correria do nosso dia a dia, nem percebemos o quanto nossos hábitos alimentares podem afetar a saúde dos nossos fios. E, é claro, o que nós queremos é ter cabelos de estrela, não é mesmo?

Por isso, resolvemos trazer para o blog o conteúdo de hoje! Vamos listar aqui alguns hábitos alimentares que podem contribuir para o aspecto quebradiço e sem vida dos cabelos, além de mostrar como a união de uma boa alimentação e bons produtos fazem toda a diferença!

Então, quer evitar aquele indesejado aspecto de cabelo fraco e ressecado? Então continue lendo e confira!

Quais são os principais hábitos que deixam o cabelo frágil?

1. Não beber a quantidade de água adequada durante o dia

Você é dessas mulheres que se preocupam com alimentação saudável? Se for, é claro que você sabe o quanto a água é importante para o nosso organismo. Beber, no mínimo, 2 litros de água por dia faz bem não só para o cabelo, mas para o corpo inteiro.

Contudo, sabemos que essa rotina intensa, com horas fora de casa e deslocamentos casa-trabalho, pode fazer com que nos esqueçamos de beber água e só nos recordemos disso quando bate aquela sede incontrolável — um hábito que deve ser abandonado.

A carência de água no organismo é muito danosa, pois, além de causar desidratação, gera um aumento na temperatura corpórea e a dificuldade no transporte de nutrientes e eliminação das toxinas. E o resultado disso nós conhecemos: cabelo opaco e menos resistente aos danos do dia a dia.

Portanto, a grande dica é levar sempre consigo uma garrafinha de água e se esforçar para consumir a sua cota diária! Além disso, a ingestão de sucos e chás também podem nos ajudar a bater nossa meta.

2. Não controlar a ingestão de álcool

Não é de hoje que escutamos acerca dos malefícios do álcool em nosso organismo. E, se ele faz mal para o corpo, naturalmente fará mal também para o cabelo.

Realmente, a ingestão corriqueira e em altas doses de álcool desencadeia uma produção exagerada de radicais livres. Radicais esses que são os responsáveis pelas inflamações nos tecidos, inclusive no couro cabeludo.

Assim, a inflamação do tecido e a grande energia que as células gastam para metabolizar o etanol acabam levando a um quadro de queda de cabelo. Ou seja, se você deseja ter cabelos bonitos, é importante evitar e controlar a ingestão de álcool.

3. Ter uma dieta pobre em nutrientes

Sabe aquele almoço corrido em qualquer restaurante, ou aqueles fast foods que acabamos comendo de vez em quando? Pois é; quando isso acontece de forma esporádica, não há grandes danos. Mas, quando a dieta passa a ser basicamente essa, nossos cabelos dão sinal de desgaste.

Uma alimentação pobre em nutrientes pode causar a queda de cabelos e ainda deixá-los opacos, com frizz, quebradiços e repletos de pontas duplas. Portanto, é importante se alimentar de maneira saudável e equilibrada, ingerindo diversas vitaminas e nutrientes ao longo do dia.

Agora, quer saber como alguns nutrientes contribuem para um crescimento natural dos fios, proporcionando brilho, sedosidade e força? Observe:

Vitamina E

Um dos nutrientes vitais para uma boa circulação sanguínea no couro cabeludo e, consequentemente, para o crescimento saudável. Pode ser encontrada em cereais integrais, sementes e fígado animal.

Vitamina A

É um poderoso antioxidante e auxilia a produção da oleosidade natural dos fios. Além disso, contém retinol (substância que evita a quebra) e pode ser encontrada na cenoura, na beterraba e na batata-doce.

Vitamina C

Também é um antioxidante natural e contribui com a síntese do colágeno pelo organismo, prevenindo o ressecamento e mantendo o cabelo saudável. É facilmente encontrada em verduras e frutas.

Proteínas

Essenciais para a estrutura do cabelo — você sabia que o cabelo é formado por uma proteína? A queratina é a proteína predominante no fio. Portanto, coma carnes, frangos, peixes e iogurtes.

Zinco e ferro

São minerais que previnem a queda capilar, e podem ser encontrados no feijão, fígado, couve e atum.

Percebeu como você deve se alimentar de forma balanceada, consumindo uma variedade de alimentos? Então comece já a colorir o seu prato!

4. Fazer regimes sem qualquer acompanhamento

Quem não gostaria perder uns quilinhos, não é mesmo? Mas fazer regimes por conta própria, sem acompanhamento de um especialista, além de fazer mal à saúde pode prejudicar bastante os seus fios.

Nosso cabelo sofre bastante com essas mudanças no metabolismo, pois ele também precisa se alimentar dos nutrientes. Portanto, se você pensa em fazer alguma dieta, não deixe de consultar um nutricionista e conversar sobre os efeitos que as dietas alimentares no cabelo.

Cabelo danificado: afinal, qual é o segredo de um cabelo bonito e saudável?

Como vimos, alguns hábitos alimentares são preponderantes para a manutenção de um cabelo bonito, forte e com muito brilho. Mas não é só isso! Somente uma alimentação correta não é suficiente para garantir aquele cabelo de cinema.

Você precisa ter uma vida saudável, adotando todas as dicas que apresentamos e apostar em uma linha de tratamento e hidratação de qualidade. Sem dúvida, escolher um bom salão e fazer tratamentos capilares de forma  periódicas é o que falta para que você tenha sempre um cabelo vistoso.

Inclusive, empresas com credibilidade sabem o quanto o cabelo é importante para a mulher e, por isso, desenvolvem produtos adequados para cada necessidade. Então, é essencial conversar com um cabeleireiro para que ele avalie qual é o melhor tratamento no seu caso.

Enfim, organize-se para frequentar o salão mais vezes e invista em produtos de qualidade para manutenção em casa. Seu cabelo e autoestima agradecem!

E então, conseguiu compreender todas as nossas dicas? Como você percebeu, é importante adotar hábitos saudáveis em nosso dia a dia, pois uma alimentação incorreta é um dos fatores responsáveis por aquele cabelo danificado que nós tanto odiamos.

Por isso, seja mais cuidadosa com sua saúde e procure unir isso ao uso de produtos de qualidade. Fazendo isso, você verá o quanto seus cabelos responderão positivamente! Se você gostou das nossas dicas, compartilhe este conteúdo nas redes sociais!

Compartilhe nas suas redes sociais